pasta-de-amendoim-f8-18026

pasta-de-amendoim-f8-18026

Alguns não conhecem o valor da pasta de amendoim, segue um breve texto sobre o amendoim em si e logo algumas noticias sobre a pasta de amendoim. Ela seria uma ótima aliada a falta de tempo para preparar refeições para levar pra faculdade, trabalho ou qualquer momento fora de casa durante o dia. :)

SEMENTE BRASILEIRA:

A maioria dos estudos indica que o amendoim foi identificado pela primeira vez no Brasil, durante o período de colonização. Era muito consumido pelos povos nativos, tanto é que diversas histórias indígenas se referem a essa semente. Entre os mitos Tuparis, por exemplo, a árvore do amendoim era a que segurava o céu.

PURA PROTEÍNA:

Em média, há 30% de proteínas nas sementes. Já o óleo contém cerca de 50%. Por ser uma das fontes vegetais com maior quantidade de proteína, o amendoim consegue amenizar a carência das fontes animais em regiões pobres, onde a carne é pouco consumida. Não foi à toa que, em 2004, o governo da Paraíba recomendou a utilização do amendoim nas merendas escolares da rede pública, junto com o gergelim.

ANTES DE CONSUMIR, SAIBA QUE:

- Hipertensos devem restringir o consumo de amendoim com sal.

- Diabéticos precisam ter atenção com derivados doces, tais como pé-de-moleque.

- Quem tem alergia à semente precisa prestar atenção nas embalagens de produtos como sabonetes, cosméticos e margarinas, para verificar se há derivados de amendoim em sua composição.

- Deve ser armazenado em locais protegidos de luz, pois é rico em gorduras e pode ficar rançoso com o calor. “Quando comprar, prefira os acondicionados em embalagem escura”, aconselha Dith Mesquita.

- É melhor conservá-lo em locais secos. Repare se a embalagem está intacta, pois o contato com a umidade pode facilitar a proliferação do Aspergillus flavus, um fungo que produz aflatoxina, nociva à saúde.

GORDURA QUE FAZ BEM.

Seu principal componente para a saúde humana é a gordura insaturada; e uma das principais gorduras desse tipo é o ácido linoleico. “As gorduras insaturadas atuam diminuindo os níveis de LDL, que é o colesterol “ruim”. Por isso, previnem doenças cardiovasculares”, explica a nutricionista Dith Mesquita, professora da Universidade Anhembi-Morumbi. O amendoim puro não contém colesterol, o que é uma excelente notícia, afinal, além de ser livre das gorduras “ruins”, ele ainda diminui os níveis já presentes no organismo. Dá-lhe amendoim!

UMA ALTERNATIVA: PASTA DE AMENDOIM

Cremosa e saborosa, a pasta de amendoim é um dos diversos derivados da oleaginosa, e possui características peculiares para seu consumo. Apesar de pouco comercializada no Brasil, é muito comum vê-la em filmes e seriados norte-americanos e também em gôndolas de supermercados no Paraguai. Encontrada em potes grandes ou médios, é constantemente consumida com pão ou torrada.

O alto valor energético e nutricional é ideal para a utilização em situações emergenciais. No Haiti, por exemplo, a ONU divulgou que será priorizada a distribuição de alimentos prontos para o consumo e de alto valor nutritivo, como bolachas energéticas e creme de amendoim, principalmente para as crianças. Isso porque a pasta é um alimento bastante indicado para o tratamento de casos severos de desnutrição, como já ocorreu na África em outras situações, devido à alta quantidade e concentração de proteínas, vitaminas lipossolúveis, lipídeos e minerais.

Contudo, fora de situações emergenciais, é preciso consumi-la com moderação. De acordo com Cristiane Bosio, nutricionista e Mestre em Promoção de Saúde e especialista em Alimentos Funcionais, a pasta de amendoim é uma opção alimentar altamente energética, portanto, recomendada para o consumo em pequenas quantidades. “É ideal para se comer durante um chá da tarde ou em um café da manhã diferente na semana, mas sempre tomando cuidado. Principalmente os indivíduos que estão acima do peso”, explica a nutricionista.

Para os vegetarianos é uma boa opção para repor os nutrientes proteicos presentes na carne. O alimento é ainda ingrediente que pode compor diversas receitas, como tortilhas, molho, vitaminas, bolos e sanduíches. Se utilizada com cuidado, a pasta de amendoim é uma opção que pode variar o cardápio e, sem a presença de aditivos químicos como os conservantes, fazer bem à saúde.

Para não correr riscos de encontrar substâncias indesejáveis no seu alimento, confira e prepare a receita de pasta de amendoim caseira, formulada pela nutricionista Cristiane Bosio.

Ingredientes
3 copos de amendoim sem pele
½ colher de café de sal
2 colheres sopa de açúcar ou mel
1/3 xícara de óleo de amendoim.

Preparo
Coloque os amendoins com a pele em uma assadeira e leve ao forno médio para torrar, sem deixar tostar. Depois que esfriar, retire a pele e bata no liquidificador com o óleo e o açúcar. Bata bastante até obter uma pasta.

Dica
Dependendo da potência do liquidificador, divida os ingredientes em três partes e bata uma por vez. Se preferir, deixe alguns pedaços de amendoim.

7 thoughts on “PASTA DE AMENDOIM

  1. 18/11/2013

    Eu apenas torro 200g na frigideira , depois descasco e bato no liquidificador e vou adicionando água até virar pasta mesmo , depois só colocar um pouquinho de adoçante , gostozo de mais e anabólico.

  2. Antonio
    04/11/2013

    Bom dia Sergio,
    Onde compro oleo de amendoim. Já tentei em casas de produtos naturais e nada.
    Grato pela atenção.
    Aguardo retorno

  3. Sergio Henrique Borges Freire
    09/07/2013

    Ótima matéria sobre as vantagens do Creme de Amendoim. Produzimos Cremes sem Açucar e com Mascavo.

Deixe seu comentário